Depois de anos sendo um pop culture junkie, finalmente resolvi canalizar minhas energias em algo útil (assim, dependendo da sua perspectiva). Esse blog tem, portanto, o objetivo de documentar quem está causando na cultura pop mas não comentando do óbvio e sim antecipando tendências e o que está por vir. E-mail me @ tacausando@gmail.com. Mais sobre a nossa proposta.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Chart watch: Singles em prol do Haiti bombam mas a grande surpresa da semana é o sucesso giga de Sade nos EUA

Como era carnaval, tirei umas férias e não fiz o post sobre as paradas britânicas e australianas na 2a f. Por isso, vou juntar todas nesse post.



Depois de 10 anos de espera, o grupo de R&B britânico Sade, liderado pela cantora Sade Abu, finalmente lançou seu quinto CD, Soldier of Love. No Reino Unido, o álbum vendeu 43 mil cópias e estreou em quarto lugar. Porém, nos EUA, onde a banda sempre foi mais popular, as vendas foram fenomenalmente mais altas e bem acima das expectativas: 502 mil cópias. Sade já vendeu mais de 25 milhões de cópias nos EUA e todos os seus CDs alcançaram o top 10 da Billboard. É a estréia mais alta de Sade nos Estados Unidos, a primeira semana mais alta de 2010 até o momento e o segundo álbum que ultrapassa a barreira de 400 mil em uma semana esse ano, após o o trio Lady Antebellum.


Soldier of Love - Sade

Lady Antebellum vendeu 208 mil cópias do álbum Need You Now essa semana, ocupando o segundo lugar e levando o total de unidades comercializadas para 897 mil.

O cantor de R&B Jaheim estréia em terceiro lugar com seu sexto CD, Another Round (112 mil cópias). Depois da estréia fraca, Rebirth, o novo álbum de Lil Wayne, cai duas posições para o quarto lugar com venda de 89 mil. Em quinto, o novo lançamento do cantor country Josh Turner, Haywire (85 mil cópias) e em sexto o rapper cristão tobyMac (Tonight, 79 mil cópias). Encerrando o top 10, só artista estabelecida com milhões de unidades comercializadas: Lady Gaga com The Fame, Black Eyed Peas com The E.N.D., Susan Boyle com I Dreamed a Dream e Taylor Swift com Fearless.



Apesar de sua atual era estar sendo recebida de maneira morna nos EUA, o álbum The Element of Freedom de Alicia Keys continua bombando na Grã-Bretanha. Pela segunda semana consecutiva, o álbum ocupa a primeira posição por lá com 57 mil cópias vendidas.


Empire State of Mind (part II) - Alicia Keys

O violinista André Rieu segue na cola de Alicia. Seu CD Live from Vienna vendeu 50 mil cópias, ocupando a segunda posição. Em terceiro, Paolo Nutini segue firme e forte com 44 mil cópias de Sunny Side Up (o álbum deve ultrapassar 1.5 milhões de cópias até o fim do ano). Sade e Lady Gaga encerram o top 5.

O grupo de eletro Massive Attack estréia em sexto com Heligoland seguido pela coletânea Unconditional: Love Songs de Peter Andre (ainda colhendo os frutos do divórcio com Katie Price e se aproveitando do Valentine's Day, que foi dia 14). Encerrando o top 10: Michael Buble com Crazy Love, Florence & the Machine com Lungs (primeira vez desde o começo do ano que ela não está no top 3) e Black Eyed Peas com The E.N.D.



Na Austrália, finalmente depois de 3 longuíssimos meses, Susan Boyle é desbancada da primeira posição. A banda folk britânica Mumford & Son, que está bombando muitíssimo no país, alcança o topo com Sigh no More. SuBo se mantém firme e forte na segunda posição com I Dreamed a Dream.


Little Lion Man - Mumford & Sons

Taylor Swift continua sua ascensão nas paradas australianas graças a sua turnê pelo país que passou por Sidney, Melbourne, Newcastle, Brisbane e Adelaide. Essa semana, Fearless, que já é quadruplo platina por lá, volta a terceira posição.

Também no top 10: Lady Gaga com The Fame, Michael Buble com Crazy Love, Muse com The Resistance, Ke$ha com Animal, Massive Attack com Heligoland, Black Eyed Peas com The E.N.D. e a dupla country local The McClymonts (que, em décimo, são os atos locais com a posição mais alta nas paradas).

Nas paradas de single, singles beneficentes estão com tudo.



Na Grã-Bretanha, Everybody Hurts, organizado por Simon Cowell em prol do Haiti, estréia em primeiro lugar com 453 mil cópias, mais do que todo o resto do top 10 somado. O single, um cover da balada do R.E.M., conta com todos os atos mais populares de Cowell (Susan Boyle, Leona Lewis, Alexandra Burke, Joe McElderry, JLS, Cheryl Cole) e uma mistura extremamente aleatória de artistas consagrados que inclui Robbie Williams, Kylie Minogue, Take That, Miley Cyrus, Michael Buble, Mariah Carey, Dido, James Blunt, Mika, James Morrison, Westlife e Chrissie Hynde.

Por culpa do single beneficente, Fireflies cai para o segundo lugar depois de 3 semanas no topo. Em terceiro, o dueto de Timbaland com Katy Perry, If We Ever Meet Again. Colaborações com Katy Perry são uma ótima forma de obter sucesso na Grã-Bretanha: tanto 3OH!3 quanto Timbaland obtiveram gigantescos hits no país ao chamar a moça para participar de suas canções. Em quarto, Empire State of Mind Part II de Alicia Keys (que continua sua surpreendente e inesperada jornada de sucesso no país). O top 5 é encerrado por Glee (Don't Stop Believin').

Em sexto lugar, 3OH!3 e Katy Perry com Starstrukk. A música do 3OH!3 nunca alcançou o primeiro lugar mas ela teve um chart run fenomenal no Reino Unido, com mais de 2 meses no top 5.

Em sétimo, JLS com One Shot seguido por Replay de Iyaz, o medley de Halo e Walking on a Sunshine do elenco de Glee e, encerrando o top 10, Rude Boy de Rihanna que ganhou força com o lançamento do vídeo.

Na Austrália, Replay do Iyaz e Fireflies do Owl City continuam em primeiro e segundo lugar respectivamente. Blah Blah Blah de Ke$ha alcança sua posição mais alta no mundo até o momento: terceiro lugar. Ke$ha continua sua dominação do país oceânico com TiK ToK também dentro do top 5, em quinto lugar.


Memories (ft. Kid Cudi) - David Guetta

A Austrália também é o primeiro país que o novo single de David Guetta, Memories, colaboração com o rapper Kid Cudi, penetra o top 5 (quarto lugar). Também entre os dez mais vendidos: Today was a Fairytale de Taylor Swift (sexto), Do You Remember? do Jay Sean, Little Lion Men do Mumford & Sons, Whatcha Say do Jason DeRulo e Empire State of Mind em sua versão original, com Jay-Z e Alicia Keys.

Finalmente, no Hot 100 dos EUA, TiK ToK da Ke$ha quebra recordes ao ocupar o primeiro lugar pela nona semana consecutiva.

Ela quase foi desbancada pela nova versão de We Are the World, feita por Will.I.Am, mas o single em prol ao Haiti foi lançado apenas dois dias antes do final da semana, o que o prejudicou e fez com que ele tivesse que se contentar com o segundo lugar.



A música, remake do sucesso dos anos 80, conta com mais de 50 interpretes incluindo Justin Bieber, Barbara Streisand, Wyclef Jean, Celine Dion, Tony Bennet, Lil Wayne, Miley Cyrus, Carlos Santana, Jamie Foxx, Usher, P!nk, Michael e Janet Jackson entre muitos outros.

Também no top 10 estado-unidense: Imma Be dos Black Eyed Peas, Bad Romance da Lady Gaga, Bedrock da trupe da Young Money, Need You Now do Lady Antebellum, Hey, Soul Sister do Train, How Low do Ludacris, Do You Remember do Jay Sean e Sexy Bitch de David Guetta com Akon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu