Depois de anos sendo um pop culture junkie, finalmente resolvi canalizar minhas energias em algo útil (assim, dependendo da sua perspectiva). Esse blog tem, portanto, o objetivo de documentar quem está causando na cultura pop mas não comentando do óbvio e sim antecipando tendências e o que está por vir. E-mail me @ tacausando@gmail.com. Mais sobre a nossa proposta.

sábado, 8 de maio de 2010

Em caso de emergência, chame Nicki Minaj



Eu já comentei aqui que a rapper Nicki Minaj é uma das artistas mais promissoras do momento e, lá nos EUA, ela tem causado enorme burburinho.

Por isso, muitos artistas estabelecidos -- mas que não estão empolgando muito no momento -- estão indo atrás da moça para que ela colabore com eles em seus singles numa tentativa de aumentar o interesse do público .

A última a fazer isso foi ninguém menos que Christina Aguilera que, depois do fracasso de Not Myself Tonight, acaba de disponibilizar em seu canal oficial no Youtube a faixa de Bionic em que as duas colaboram:


Wooohoo (ft. Nicki Minaj) - Christina Aguilera

A primeira colaboração de Nicki Minaj foi com o rapper Yo Gotti no fim do ano passado no remix de 5 Star Bitch (que também contava com a participação de Trina e Gucci Mane). A música virou o primeiro single dele a penetrar o Hot 100 da Billboard e obteve mais de 10 milhões de views no YouTube (um vídeo que só contém os 50 segundos de Nicki Minaj tem quase 4 milhões de exibições).



Porém, quem deu o ponta-pé na moda de "meu álbum não tá empolgando, vou chamar Nicki Minaj" foi ninguém menos que Mariah Carey. Dessa vez, Minaj não pode fazer nada: o álbum de Carey continuou com vendas decepcionantes.

O próximo a contar com a participação da rapper foi Ludacris que, depois de alguns anos sumidos, estava determinado a ter um comeback bem sucedido. My Chick Bad, a colaboração entre os dois, foi bem sucedida, alcançando o top 20 do Hot 100 da Billboard e mantendo o álbum do rapper entre os dez mais vendidos

.

Outros que lançaram singles colaborativos com Minaj: Usher (Lil Freak, segundo single do novo álbum, Raymond vs Raymond), Robin Thicke (Shakin' It 4 Daddy, terceiro single do novo álbum, Sex Therapy. Alias, aviso: dança muito vergonhosa por parte de Thicke no vídeo que eu linkei), Teirra Mari, Boby V, Sean Garret...

Claro que a popularidade de Minaj também tem atraído uma quantidade gigantesca de haters. Mas isso é assunto para outro post...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu