Depois de anos sendo um pop culture junkie, finalmente resolvi canalizar minhas energias em algo útil (assim, dependendo da sua perspectiva). Esse blog tem, portanto, o objetivo de documentar quem está causando na cultura pop mas não comentando do óbvio e sim antecipando tendências e o que está por vir. E-mail me @ tacausando@gmail.com. Mais sobre a nossa proposta.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Chart UK+OZ: Usher ascende na Grã-Bretanha e Florence e Justin Bieber começam a fazer barulho na Austrália

Na Austrália, Hey, Soul Sister do Train continua no topo pela terceira semana consecutiva. O top 5 se mantém bastante parecido ao da semana passada, com a unica nova entrada sendo I Like That de Richard Visson, Static Revenge e Luciana que ascende da sétima para a terceira posição. In My Head de Jason DeRulo continua na segunda posição, Telephone de Lady Gaga e Beyoncé caí para o quarto lugar e Memories do Kid Cudi com David Guetta encerra a lista dos cinco mais vendidos.



Justin Bieber e Florence & the Machine finalmente penetram o top 10 de singles australianos. Baby estréia na sexta posição enquanto You've Got the Love aparece no nono lugar.

No mais, I Made It de Kevin Rudolf, Birdman, Jay Sean e Lil' Wayne aparece no sétimo lugar e Rude Boy de Rihanna encerra o top 10.

Na lista de álbuns mais vendidos, Lady Gaga volta para o topo com The Fame. The John Butler Trio, que ocupou o primeiro lugar semana passada, caem para segundo. O guitarrista Slash estréia com seu CD homônimo na terceira posição seguido de Angus & Julia Stone (Down the Way) e Mumford & Sons (Sigh no More).

Jason DeRulo ocupa a sexta posição e Usher estréia em sétimo com Raymond vs. Raymond. Florence & the Machine (Lungs), Susan Boyle (I Dreamed a Dream) e Taylor Swift (Fearless) encerram o top 10.



Na Grã-Bretanha, Carry Out, single de Justin Timberlake com Timbaland, é a única nova entrada no top 10, estreando na sexta posição.

De resto, pouca movimentação: This Ain't a Love Song do Scouting for Girls segue no topo. Já OMG de Usher ascende para a segunda posição. She Said do Plan B continua no terceiro enquanto Telephone de Lady Gaga e Beyoncé caí para a quarta colocação. Pass Out de Tinnie Tempah encerra o top 5.

Também entre os dez mais vendidos: Inna em sétimo, com Hot, Rihanna em oitavo, com Rude Boy, Justin Bieber em nono, com Baby, e, finalmente, Cheryl Cole com Parachute.

A lista dos CDs mais vendidos continua quase idêntica ao da semana passada: Gaga e Boyzone trocam de posição, com The Fame ocupando o primeiro lugar e Brothers caindo para segundo. Também entre os mais vendidos: Justin Bieber com My World, Paolo Nutini, com Sunny Side Up, Florence and the Machine, com Lungs, o volume 2 da trilha sonóra de Glee, Mumford & Sons, com Sigh no More, o primeiro volume da trilha sonóra de Glee, Alicia Keys, com The Element of Freedom e o greatest hit do Free and Bad Company.



Apesar de não ser elegível para a parada ofícial por ser uma coletânea, Now! That's What I Call Music 75 continua sendo o CD mais vendido do país, com 86 mil cópias, mais do que o triplo do que Gaga, o primeiro lugar nos charts, vendeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu