Depois de anos sendo um pop culture junkie, finalmente resolvi canalizar minhas energias em algo útil (assim, dependendo da sua perspectiva). Esse blog tem, portanto, o objetivo de documentar quem está causando na cultura pop mas não comentando do óbvio e sim antecipando tendências e o que está por vir. E-mail me @ tacausando@gmail.com. Mais sobre a nossa proposta.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Chart Watch UK+OZ: Scouting for Girls direto para o topo na Grã-Bretanha



A banda de indie rock Scouting for Girls encabeça a lista dos singles mais vendidos da semana com This Ain't a Love Song, o primeiro single do segundo álbum deles. Foram vendidas 72 mil cópias da canção. É a primeira música dos garotos a alcançar o topo apesar deles já terem penetrado o top 10 com três singles (She's So Lovely, Elvis Ain't Dead e Heartbeat). O álbum de estréia deles também alcançou o primeiro lugar em 2007. Lady Gaga e Beyoncé seguem na segunda posição com Telephone.



O terceiro lugar é ocupado pelo interprete Plan B. Sim, a moda de cantores solo com nome de banda (Owl City, Florence & the Machine, Marina and the Diamonds, Bat for Lashes, etc) continua. A música She Said, com um estilo retrô que está bem na moda ultimamente, vendeu 55 mil cópias.

Graças a uma campanha no Facebook para colocar uma música gospel no top 10 durante a semana da Páscoa, a banda de rock cristã Delerious? alcança a quarta posição com Historymaker.

O megahit Pass Out de Tinnie Tempah ocupa a quinta posição seguido de Rude Boy da Rihanna e de Baby de Justin Bieber.



Apesar de ter tido pouca promoção, OMG, o primeiro single do novo álbum de Usher, estréia muitíssimo bem em oitavo lugar. Tudo indica que a música causará bastante impacto nas paradas nas próximas semanas. A música é produzida por Will.I.Am e lembra bastante os sucessos dos Black Eyed Peas.

Alias, o Will.I.Am devia pensar duas vezes antes de sair produzindo hits para todos os artistas do mundo (Rihanna com Photographs, Cheryl Cole com 3 Words, Usher com OMG, etc) pois ele tem um estilo muito próprio e, com a super exposição, esse estilo pode acabar altamente desgastado (como aconteceu com Timbaland e possivelmente acontecerá com David Guetta) o que irá prejudicar não só ele como produtor mas também a Fergie e os Black Eyed Peas.

O sucesso dance Hot da romena Inna e Parachutes de Cheryl Cole encerram o top 10.



Nas paradas australianas existem pouquíssimas mudanças, com as únicas novidades sendo a entrada de I Made It do Kelvin Rudolph com Lil' Wayne, Birdman e Jay Sean em quarto e de I Like That de Richard Vission com Static Revenger e Luciana em sétimo.

No mais, Hey Soul Sister da banda de rock californiana Train continua no topo seguido de In My Head do Jason DeRulo e Telephone de Lady Gaga com Beyoncé. Kevin Rudolph e Rude Boy de Rihanna encerram o top 5.

Na segunda metade do top 10, David Guetta e Kid Cudi ocupam o sexto lugar com Memories; seguido de Richard Vission; Cheryl Cole e Will.I.Am (3 Words); Timbaland e Katy Perry (If We Ever Meet Again) e, finalmente, os Black Eyed Peas com Imma Be.

Conclusão que podemos chegar analisando as paradas australianas dessa semana: se na Grã-Bretanha a moda são artistas solo com nome de banda, na Austrália as parecerias (Kid Cudi e David Guetta, Cheryl Cole e Will.I.Am, etc. etc) estão com tudo.



Nas paradas de CDs britânicas, a boyband Boyzone ocupam o topo pela terceira semana não consecutiva com 45 mil cópias vendidas de Brother. Em segundo lugar, com menos de mil cópias de distância, Lady Gaga e The Fame. Justin Bieber continua firme e forte em terceiro com 31 mil cópias seguido de Glee vol. 2, Florence & the Machine, Paolo Nutini, Glee vol. 1, Alicia Keys e Mumford & Sons.

O greatest hits da banda de hard rock dos anos 70 Free & Bad Company é a única nova entrada no top 10, ocupando a décima posição.

Alias, é interessante notar que, desde que o ano começou, existem alguns álbuns onipresentes nas paradas de CDs semanais britânicas: The Fame de Lady Gaga (a caminho de 2 milhões de cópias vendidas), Sunny Side Up de Paolo Nutini (a caminho de 1.5 milhões de cópias), Lungs de Florence & the Machine (a caminho do 1 milhão), The Element of Freedom de Alicia Keys e Sigh no More do Mumford & Sons (ambos a caminho das 500 mil cópias).



Por ser uma coletânea com vários artistas diferentes, o CD Now! That's What I Call Music 75 não entra na parada ofícial. Mas, com 253 mil cópias, a compilação é oficialmente o álbum mais vendido da semana. E mais: é o CD que mais vendeu no espaço de uma semana no ano até o momento, superando as 160 mil cópias do CD do Boyzone. Now! 75 é um CD duplo e incluí 43 músicas que bombaram na Grã-Bretanha nos últimos três meses. Eu falei um pouco sobre o poder da franquia Now! no Chart Watch US dessa semana.

Na parada de CDs australiana, a banda de blues rock local The John Butler Trio ocupa o topo com seu quarto CD, April Uprising. A banda substitui outro ato local, Angus & Julia Stone, no primeiro lugar da lista dos mais vendidos. O CD do duo folk, Down the Way, caí para a terceira posição. Lady Gaga continua em segundo lugar com The Fame.

A banda de folk britânica Mumford & Sons continuam sua jornada de sucesso na Austrália, com o CD Sigh no More se mantendo no top 5 por quase dois meses e alcançando, essa semana, dupla plátina. O álbum ocupa a sexta posição. Jason DeRulo e seu álbum homônimo encerram o top 5.



Gorillaz (Plastic Beach), Susan Boyle (I Dreamed a Dream) e os Black Eyed Peas (The E.N.D.) ocupam o sexto, o sétimo e o oitavo lugar respectivamente.

Com o single You've Got the Love penetrando o top 20 australiano, o CD Lungs de Florence & the Machine volta para o top 10, na nona posição. Recollection de k.d. Lang ocupa o décimo lugar.

Assim como na Grã-Bretanha, existem duas paradas separadas: uma para CDs e outra para compilações. Por tanto, apesar de não entrar nos charts oficiais, o CD mais vendido da semana foi na verdade So Fresh: Autumn Hits. A coletânea inclui 20 músicas, entre elas Russian Roulette da Rihanna, Crawl do Chris Brown, One Time do Justin Bieber, Fireflies do Owl City, Blah Blah Blah da Ke$ha, Whatya Want from Me do Adam Lambert e Little Secrets do Passion Pit.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu