Depois de anos sendo um pop culture junkie, finalmente resolvi canalizar minhas energias em algo útil (assim, dependendo da sua perspectiva). Esse blog tem, portanto, o objetivo de documentar quem está causando na cultura pop mas não comentando do óbvio e sim antecipando tendências e o que está por vir. E-mail me @ tacausando@gmail.com. Mais sobre a nossa proposta.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Chart watch: as músicas que causaram na última semana



Como não existe nenhuma música nova nos charts essa semana, esse post não inclui vídeos. Mas, caso tenha curiosidade de conferir os singles mencionadas, clique na tag de charts ai em baixo.

No Reino Unido, Replay segue na primeira posição pela segunda semana consecutiva. O single vendeu 87 mil cópias essa semana e, em 2 semanas, já alcançou 200 mil cópias comercializadas. Já na Austrália, a música do caribenho Iyaz sobe três posições e completa 1 mês nas paradas alcançando sua posição mais alta, o sexto lugar. Nos EUA, a música está nos charts faz 22 semanas tendo chegado a segunda posição. Atualmente, a música se encontra em quarto na terra do Tio Sam (onde já foram vendidos mais de 2 milhões de cópias).


Apesar do lançamento oficial ser apenas em fevereiro, Fireflies do Owl City foi adicionado ao iTunes britânico na semana passada e vendeu 60 mil cópias, estreando na segunda posição no Reino Unido. Na Austrália, o single continua em primeiro lugar pela terceira semana consecutiva (e está nas paradas faz 2 meses). Nos EUA, a música de synthpop está nas paradas faz 21 semanas (duas delas em primeiro lugar), atualmente estando no quinto lugar.

O top 5 britânico é completo por Riverdance de Sidney Samson, Starstruck de 3OH!3 com Katy Perry e a versão de Don't Stop Believin' cantado pelo elenco de Glee (o seriado acabou de estrear no Reino Unido). A versão original da música, cantada pelo Journey, está em sexto lugar no país (alias, aguardem, porque Don't Stop Believin' ganhará um post especial).

O top 5 dos EUA tem TiK ToK em primeiro lugar, Bad Romance em segundo, Empire State of Mind em terceiro, Replay em quarto e Fireflies em quinto. Mais sobre as paradas americanas, que foram completamente dominadas por Ke$ha, aqui.

A parada australiana é bastante similar a dos EUA: Fireflies em primeiro, TiK ToK em segundo, Bad Romance em terceiro, Empire State of Mind em quarto e Watcha Say do Jason DeRulo em quinto. Assim como nos Estados Unidos, Blah Blah Blah, a colaboração de Ke$ha com 3OH!3, teve vendas altíssimas apesar de não ser um single e estreou dentro do top 10, na sétima posição.



Na parada de CDs britânicas, Florence & the Machine finalmente alcança o primeiro lugar depois de 6 meses (o álbum já passou 6 semanas no segundo lugar mas nunca tinha alcançado o topo). O álbum tem ganho força recentemente graças ao sucesso do single You've Got the Love (que, semana passada, se tornou o primeiro single deles a alcançar o top 5). O CD da banda de Florence Welsh vendeu 51 mil cópias, fazendo com que Lungs ultrapassasse 600 mil cópias comercializadas. Tudo indica que, até o final do ano, o álbum terá ultrapassado a barreira de 1 milhão de cópias.

Quem conseguiu ultrapassar a cobiçada barreira, depois de 9 meses, foi o escocês Paolo Nutini. Seu CD, Sunny Side-up se mantém firme no segundo lugar, com vendas de 50 mil cópias.

A banda americana Vampire Weekend é o inesperado sucesso da semana. O segundo CD da banda, Contra, estréia em terceiro na Grã-Bretanha, segundo na Austrália e está previsto para estrear no topo nos EUA.

Caminhando para as 2 milhões de cópias vendidas na Grã-Bretanha, The Fame de Lady Gaga está em quarto lugar na semana. Encerrando o top 5 britânico, a banda de rock jovem You and Me at Six que vendeu 20 mil cópias.

Na Austrália, Susan Boyle continua no topo pela oitava semana consecutiva. Além de Vampire Weekend, a única nova estréia no top 5 é Ke$ha que alcançou a quarta posição com o seu CD Animal. Michael Bublé, Black Eyed Peas e Lady Gaga também estão entre os mais vendidos.

Já nos EUA, Ke$ha está no topo das paradas de CDs (como tratado
aqui). O top 5 é completamente dominado por cantoras solo: Susan Boyle se mantém firme em segundo, seguida de Lady Gaga, Alicia Keys e Mary J Blige.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu