Depois de anos sendo um pop culture junkie, finalmente resolvi canalizar minhas energias em algo útil (assim, dependendo da sua perspectiva). Esse blog tem, portanto, o objetivo de documentar quem está causando na cultura pop mas não comentando do óbvio e sim antecipando tendências e o que está por vir. E-mail me @ tacausando@gmail.com. Mais sobre a nossa proposta.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Os artistas que começaram 2010 bombando

Interrompemos nossa retrospectiva (que eu tenho que acabar logo, levando em conta que 2010 já está ai e tá na hora de olharmos para amanhã, não para ontem) para uma olhada nos artistas que começaram o ano já causando no cenário musical.



OK, a aposta mais óbvia para a revelação deste ano é Ke$ha, de 22 anos, cuja música TiK ToK você provavelmente já conhece.

Ele foi descoberta por Dr. Luke, o maior produtor de música pop da atualidade. Foi ele que a colocou para fazer dueto com Flo-Rida em Right Round, sucesso global que encabeçou todas as principais paradas mundo afora no começo do ano passado (inclusive nos cobiçados mercados americano e inglês).

No finzinho de 2009, ela fez sua estréia solo com TiK ToK e rapidamente tomou conta das paradas.

Ke$ha começou 2010 com o pé direito já que o single finalmente alcançou o topo nos EUA, se tornando o primeiro número 1 da década. Até o momento, TiK ToK vendeu mais de 2 milhões de cópias na terra do Tio Sam.

Seu CD, Animal, foi um dos primeiros lançamentos do ano. Porém, ainda é muito cedo para sabermos como será seu desempenho.

A artista se caracteriza por ter uma maneira irreverente de falar e uma imagem bastante única (estilo "faz três meses que eu não tomo banho").

Será ela a grande revelação de 2010? Vamos esperar para ver mas podeixar que eu vou registrar a evolução aqui.



Outro artista que está fazendo barulho é o Owl City. Apesar do nome de banda, Owl City é o projeto de apenas um homem, o americano Adam Young.

Em Novembro, Fireflies, uma música estilo synthpop com uma melodia extremamente catchy, alcançou o primeiro lugar nas paradas americanas, vendendo mais de 2 milhões de downloads.

Graças ao sucesso da música, o álbum Ocean Eyes alcançou o top 10 e já vendeu mais de 600 mil cópias nos EUA.

Embora Owl City já tenha obtido sucesso nos Estados Unidos (Fireflies segue firme e forte no top 10 lá), o projeto só está sendo lançado mundialmente em 2010. Logo na primeira semana do ano, Fireflies alcançou o primeiro lugar na Austrália. O mercado australiano é um bom termômetro de quem causará mundo afora: foi o primeiro em que Lady Gaga estourou (meses antes de alcançar sucesso nos EUA e na Europa) e também o primeiro lugar em que Ke$ha alcançou o topo das paradas.

O single será lançado no Reino Unido apenas em fevereiro mas já alcançou o top 10 em vários países europeus.

Apesar de só ter ganho visibilidade faz 4 meses, Owl City já está causando polêmica: muitos o acusam de plagiar o estilo da banda indie The Postal Service.

Será que o projeto de Adam Young terá durabilidade? Sinceramente, não sei. Acho que as chances dele continuar firme e forte são bem poucas. Mas, independente de onde ele estiver daqui a dois anos, ele provou que sabe fazer músicas pegajosas (porém, como todo mundo que já ouviu Postal Service sabe, não exatamente originais).

Alias, aproveito a oportunidade para anunciar que, toda semana, teremos uma sessão fixa que irá comentar as músicas que estão causando mundo afora. Espero que vocês gostem.

Um comentário:

Quem sou eu