Depois de anos sendo um pop culture junkie, finalmente resolvi canalizar minhas energias em algo útil (assim, dependendo da sua perspectiva). Esse blog tem, portanto, o objetivo de documentar quem está causando na cultura pop mas não comentando do óbvio e sim antecipando tendências e o que está por vir. E-mail me @ tacausando@gmail.com. Mais sobre a nossa proposta.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Tabloid Wednesday: Dancing with the tabloids


Oscar? Não conheço esse senhor não. O hot topic da semana foi Dancing with the Stars.

Quarta-feira é o dia em que todas as revistas de fofoca estado-unidenses vão para as bancas de jornais. E, por isso, lhes apresento a nossa nova sessão fixa do blog: Tabloid Wednesday. Nessa sessão iremos mostrar as capas de todos os principais tablóides e comentar quais são os hot topics da semana na indústria de celebridade americana.

Para começar, deixa eu explicar um pouquinho do funcionamento desse segmento da imprensa americana.

Até o começo desse século, a única revista de fofoca estabelecida era a People (que é, até os dias de hoje, a revista semanal com a maior circulação de todo o mundo). Porém, depois do 11 de setembro, o apetite do povo americano por notícias light aumentou devastadoramente. Ou seja: mídias que viviam de noticiar a vida dos famosos começaram a crescer loucamente. A US Weekly, que era uma revista sobre entretenimento que não tinha exatamente decolado, foi a primeira a se remodelar e, ao começar a oferecer todas as últimas notícias em relação a Bennifer, Brangelina, Jessica Simpson (que na época tava bombando muito graças ao sucesso de seu reality show Newlyweds), etc. viu sua circulação crescer desenfreadamente. A inTouch, a terceira revista de celebridade a surgir, também foi um gigantesco sucesso logo de cara.

Vendo o enorme crescimento do segmento, a Star, um vagabundo tablóide semanal de papel jornal, resolveu se remodelar e também se transformar numa revista glossy igual as concorrentes. A mudança deu extremamente certo e rapidamente a marca se consolidou. Junto com a Star, surgiu a Life & Style que também achou seu público apesar da enorme quantidade de revistas similares.

Finalmente, a última a chegar foi a OK!. A OK! é uma marca britânica e, diferente da maior parte dos tabloides, ela é "amiga" das celebridades, ou seja, ela paga os famosos para que eles dêem entrevistas exclusivas, mostrem suas casas, seus casamentos, etc. Além disso, eles sempre mostram tudo sob uma luz positiva: belas fotos e artigos elogiosos. No Reino Unido, a revista deu muito certo e a OK! é a revista com o maior lucro em todo continente europeu.

O segmento de revista de fofocas nos EUA estava saturada mas não havia nenhuma no estilo da OK!. Por isso, Richard Desmond, dono da marca, viu isso como uma oportunidade e resolveu levar sua weekly para o mercado mais lucrativo de todos. Os americanos não se interessaram nem um pouco pelo formato e, rapidamente, a OK! se transformou numa glossy igualzinha as concorrentes e, assim, conseguiu se manter no mercado.

Como se seis revistas não fossem o suficiente, ainda existe centenas de gigantescos blogs de fofoca (Perez Hilton, TMZ, JustJared, DListed, etc) e canais de televisão que giram em torno desse mundo, como o E!.

Outro efeito colateral do 11 de setembro e do crescimento da indústria de fofoca foi a multiplicação dos reality shows. Alias, reality shows e tablóides tem uma relação simbiótica: os programas viram sucesso, "inventam" celebridades, essas celebridades recheiam os sites e blogs de fofoca e, graças ao burburinho, a audiência do programa sobe.

As capas de revista de fofoca variam muito pouco: estrelas do reality show do momento; famosos (muito freqüentemente, graças a algum reality show) que perderam grande quantidade de peso; Tom Cruise, Katie Holmes e Suri e, sobretudo, Jennifer Aniston, Brad Pitt e Angelina Jolie. Sim, o "triângulo amoroso" continua rendendo centenas de capas depois de todos esses anos.

Antes de finalmente chegarmos nas capas dessa semana, deixa eu dar um glimpse das capas da semana passada: o The Bachelor, aquele reality show cafoninha onde um solteiro gostosão procura uma mulher pra casar, sempre rendeu material para os tabloides. E a última temporada, cujo tagline era On the Wings of Love (tudo a ver porque o bachelor da vez era piloto de avião), chegou ao fim semana passada quebrando recordes de audiência (incrível como um formato tão batido continua rendendo depois de 9 anos e 14 edições). Não deu outra: o hot topic da semana foi Jake, o ex-solteiro, e sua escolhida, Vienna.

A OK! estampou na capa o "belo" casamento dos dois. A Star e a inTouch optaram pelas sempre confiáveis Kardashians porém ambas colocaram grandes chamadas alertando que a cerimônia era um dos temas tratados na edição. A Life & Style optou por uma controversa capa (de extremo mal gosto), mas também anunciou em destaque que Vienna era uma dissimulada e estaria enganando Mark. A US Weekly bateu na mesma tecla e deu mais espaço as alegações que a concorrente, com o assunto estampando toda a capa (de acordo com a revista, Vienna finge ser uma "boa moça" mas na verdade é uma piriguete).

O que nos leva aos tablóides mais recentes. Nova semana, novo reality show. O Oscar passou meio despercebido e o hot topic da semana é o Dancing with the Stars que recentemente revelou quem são os famosos que participaram da mais recente edição (a décima).

Apesar da estréia ser apenas daqui a 2 semanas (no dia 22), o programa já está rendendo muitíssimo assunto para as weeklies. Entre as "estrelas" que mostraram seus dotes de dança de salão está Jake Pavelka, que até semana passada podia ser visto no mesmíssimo canal protagonizando o seu próprio reality, o já mencionado The Bachelor
(que é um star faz exatos 3 meses); Shannen Doherty, a eterna Brenda de Beverly Hills 90210 (Barrados no Baile); Nicole Scherizinger, a líder das Pussycat Dolls (aquele girlgroup com 12 garotas respirando e uma cantando. A Nicole é a que canta); Pamela Anderson (palavra chave: peitos) e, mais importante, a queridíssima dos tablóides, assunto da capa mais vendida do ano passado (excluindo as do Michael Jackson, of course), Kate Gosselin.




Em geral, a People, a revista de celebridades mais vendida, com uma circulação superior a 3 milhões de cópias, tem mais classe do que as concorrentes. Isso significa que ela costuma ser mais confiável, aborda os assuntos de maneira mais delicada e pensa duas vezes antes de colocar alguma reality star na capa (por incrível que pareça, as Kardashians nunca foram assunto principal de capa da People apesar de já terem aparecido via chamadas). Porém, quando o assunto é garantia de venda, pode ter certeza que a People vai cobrir. E se tem algo que garante vendas altíssimas são os Gosselin. Depois de Michael Jackson, a família disfuncional foi assunto que mais vendeu revistas ao longo do ano passado.

O assunto se saturou e, hoje em dia, as weeklies não tratam dos Gosselin com tanta assiduidade mas a People continua dedicando capas a Kate. A mãe de oito foi a primeira capa do ano da revista. O motivo? Ela tinha trocado seu corte de cabelo horroroso, que era sua marca registrada, por apliques igualmente horrendos.

Essa semana, com um novo (e mais aceitável) corte de cabelo, Kate volta a capa da revista para uma entrevista exclusiva onde ela se defende das acusações que é uma "péssima mãe" e para dar uma prévia de sua participação no Dancing with the Stars que estréia dia 22 na ABC. Alias, a People é uma das maiores defensoras de Kate Gosselin o que é extremamente benéfico para ambas as partes: Kate, um rosto que vende milhões de revistas, garante a eles todas as exclusivas e a People, extremamente influente, ajuda na imagem da moça.

Além de Gosselin, o outro principal assunto da semana para a revista foi os Academy Awards. A edição foi mais longa (dupla) pois, além dos conteúdos normais, a People ocupou páginas e páginas com todos os detalhes do que aconteceu na grande noite do cinema. Nada controverso ou sensacionalista, a People gosta de apostar no seguro.



A capa da US Weekly dessa semana foi completamente tomada por reality stars.

O foco principal está em Kendra. Quem é Kendra? Aos 18 anos, Kendra trabalhava como bar girl numa festa da Playboy Mansion, Hugh Hefner gostou dela, a escolheu como uma de suas namoradas e rapidamente ela estava vivendo na Mansão Playboy. A vida dela e das outras 2 namoradas de Hugh virou tema do altamente bem-sucedido reality Girls of the Playboy Mansion no E!, transformando as três em celebridades.

Recentemente, Hugh "dispensou" suas namoradas que prontamente arranjaram namorados mais jovens. Kendra se casou com Hugh Baskett e a vida de casados dos dois virou tema do reality show Kendra no E! (aonde mais?).

O programa virou um sucesso e, voila, Kendra virou queridinha das revistas de fofoca.

A popularidade do programa não é tão avassaladora quanto o das Kardashians, também exibido pelo E!, mas a moça obviamente vende revistas pois ela aparece na capa dos tabloides com gigantesca freqüência. Alias, ela aparece na capa de algum tablóide toda santa semana, sempre com uma entrevista "exclusiva". Essa semana, quem conseguiu a "exclusiva" foi a US Weekly. E o assunto, como em todas as "exclusivas" dos últimos meses, foi sobre a sua vida como mãe. Como de costume, Kendra mantém um perfil de garota timida e recatada falando sobre coisas como as cirurgias plásticas que ela pretende fazer, sua vida sexual (mais especificamente, como é mais difícil atingir ao orgasmo depois de se ter um filho), sua depressão pós-parto... enfim, nada muito invasivo, afinal a moça é conhecida pela sua discrição.

A US Weekly deve estar irritada de ter perdido a exclusiva com Kate Gosselin para a People pois eles não poupam a moça em sua matéria. De acordo com eles, a mãe de família prioriza a fama ao invés dos filhos. E olha, a matéria pode ser sensacionalista, mas é bem on point (porque, né? Quando se tem oito filhos, você não deveria ter muito tempo para entrevistas e participações em reality shows)....

E, claro, não podia faltar uma matéria sobre o Bachelor Jake e sua esposa, Vienna. Como a capa da semana passada indica, a US Weekly não é uma das maiores supporters do casal (de acordo com eles, Viena é mó piranha)
e eles continuam informando o público sobre todos os últimos desentendimentos entre os pombinhos.

Uma olhada rápida na capa dá a acreditar que a US Weekly optou por ignorar os Oscars. Mas não, tem uma chamada indicando que, dentro da revista, eles tem todos os babados sobre a cerimônia. Mas ó, notícia importante mesmo são as dicas de Kendra para alcançar o orgasmo depois de ter um filho, ninguém tá nem ai para uma cerimônia pomposa (e olha, tô junto com o povo nessa: eta, premiaçãozinha boring).



Toda santa semana (inclusive a passada), a InTouch Weekly tem uma nova capa sobre como as irmãs Kardashian são humilhadas por seus respectivos parceiros. E, claro, é essa capa da edição mais recente.

De acordo com a revista, Kim está desesperada por ser pedida em casamento pelo seu namorado, o jogador de futebol americano Reggie Bush, e estava na expectativa de que ele finalmente pedisse sua mão na viagem que eles fizeram a Costa Rica. Isso não aconteceu e, diz a inTouch, ela está completamente devastada.

Enquanto isso, o marido de Kourtney, Scott, não dá a menor atenção para o bebê e, enquanto ela filma a segunda temporada de Kourtney & Khloe Takes Miami, ele passa o dia inteiro na praia e a noite inteira de farra.

Eles tem uma matéria similar a da US Weekly em relação a Kate Gosselin (de acordo com eles, ela está recebendo 75 mil dólares por episódio, a maior quantia já paga para um concorrente do Dancing with the Stars) e outra dizendo que Viena está se mordendo de inveja da parceira de dança de Jake (o do The Bachelor) já que ele passa todos os dias com ela ensaiando.

Claro, não podia faltar uma matéria sobre Brangelina. De acordo com eles, Jolie proibiu Brad de viajar para Los Angeles para ir nos Oscars (o que deixou Jennifer Aniston muito chateada pois ela estava empolgada para reencontra-lo), controla ele sem piedade e tem dado em cima de Johnny Depp, com quem está filmando.

A inTouch também fala sobre Justin Timberlake e Jessica Biel (ela está nervosa pois ele irá fazer um filme com sua ex, Cameron Diaz), Jessica Simpson (ela está dando em cima de Ryan Philippe), Jennifer Lopez e Marc Anthony (eles já prepararam um quarto para um novo bebê, que ainda não foi concebido), Charles Sheen (ele tem passado todas as noites com uma prostituta de luxo e cheirado muita cocaina), Oprah e Gabourey Sidibe (elas tem trocado dicas de perda de peso), Sarah Jessica Park e Ferris Bueller, quer dizer, Matthew Broderik (eles passaram a noite dos Oscars se olhando com cara feia) e Penelope Cruz (os fãs dela estão chocados que ela escolheu sua personal stylist, L'Wren Scott, para desenhar seu vestido de noiva ao invés de um estilista espanhol).

Oscars? Que Oscars? Apesar de ter mencionado a premiação, a revista não publicou nenhuma material especial sobre a cerimônia.




Quando os tablóides não tem o que falar sobre Brangelina, eles sempre podem contar com TomKat. De acordo com a Star, Tom Cruise pressionou Kate Holmes a ficar grávida e tem obrigado ela a ir em cultos da cientologia.

Além disso, Kate Gosselin foi vista flertando descaradamente com Aiden Turner, outro dos concorrentes da próxima edição de Dancing with the Stars. O ator e modelo britânico de 32 anos é casado e tem filhos.

Outro reality star que tem destaque na Star essa semana é Casey, um dos concorrentes de American Idol, que era um bad boy que havia sido preso e hoje em dia é um bom moço arrasa corações com uma voz de anjo.

Claro que não podia faltar uma matéria sobre Brangelina. De acordo com a revista, Brad Pitt está se sentindo muitíssimo ameaçado por Johnny Depp, com quem Angelina está filmando, e pediu para os seguranças ficarem de olho e informarem a ele qualquer coisa estranha. Já Vanessa Paradis, a esposa de Depp, também está nervosa e pretende estar presente quando ele filmar a cena de sexo com Jolie (de acordo com a revista, "Angelina gosta de filmar cenas de amor completamente nua").

Também nessa edição, Reggie Bush e Kim Kardashian (ambos estavam muito felizes na viagem a Costa Rica e Reggie não conseguia parar de olhar para o corpo de Kim, "principalmente quando ela se abaixava para pegar conchas"); Jennifer Lopez (que irá tentar fertilização in vitro); Taylor Lautner (nunca sai de casa sem um tubo de gel e gasta mais de 10 minutos para deixar o cabelo perfeito) e Britney Spears (muito irritada com seu namorado, Jason Trawick, que não a pede em casamento).



Puxa vida, estava demorando para Jake e Vienna (do The Bachelor) aparecerem em destaque em alguma capa. Mas não se preocupem pois a Life & Style está aqui para preencher essa grave lacuna.

De acordo com a revista, o casamento de Jake e Viena é uma grande farsa, ele tinha namorada durante a gravação do programa, ela já começou a trai-lo, eles vivem brigando e nem piloto de avião ele é. Enfim, tudo falso falso falso o que, no mundo da reality television americana, não seria nada surpreendente.

Além disso, não podia faltar uma matéria sobre o Brad Pitt e a Vanessa Paradis estarem se mordiscando de nervoso com a possibilidade de Johnny Depp e Angelina Jolie terem um affair.

Dois livros reveladores sobre a Lady Gaga vão em breve estar disponíveis e eles vão revelar tudo
: a vida sexual selvagem da interprete, as loucuras, o uso desenfreado de drogas, etc. etc. etc.

Também tem uma matéria sobre o filme que o Justin Timberlake vai fazer com a ex dele, Cameron Diaz que, de acordo com a revista, terá várias cenas hot.

E olha ali a Kim Kardashian anunciando a matéria sobre calças jeans sexy para a primavera.

Lá dentro, notícias sobre Simon Cowell e sua nova namorada, a maquiadora Mezghan Hussainey ("ela é muito humilde", dizem os conhecidos), Angelina Jolie e Jennifer Aniston (num avião, ela esnobou a ex-mulher de Brad optando por assistir Julie & Julia ao invés de He's Not That Into You), Kate Gosselin (que está dando a volta por cima com a participação no Dancing with the Stars e usará isso em sua vingança contra Jon) e círurgia plástica (uma matéria "Melhor com ou sem plástica?" com fotos de celebridades antes e depois das cirurgias).



Olha ai Viena e Jake em mais uma capa! E ó, vou te conta que a OK! tá colocando as manguinhas pra fora e começando a ir pra esse lado "melhor amigo dos famosos" que funciona tão bem no Reino Unido.

Na capa, eles prometem todo os dramas dos bastidores entre Viena, Jake e sua parceira de dança do Dancing with the Stars. Mas lá dentro você encontrará uma sessão de fotos e uma entrevista sem absolutamente nenhuma informação incriminadora e nenhum vestígio de intriga.

Também na revista, uma entrevista exclusiva com Jennifer Lopez e uma matéria onde Kourtney defende Scott e diz que, apesar de tudo que dizem por ai, ele é um ótimo pai.

Lá dentro, não podiam faltar matérias sobre Kate Gosselin, Brad Pitt/Angelina Jolie/Johnny Depp e Tom Cruise/Kate Holmes/Suri.

Ah sim, e a OK! foi uma das poucas revistas que optou por não ignorar os Oscars *bocejo*.

Créditos: Magazine Awards pelas capas e Jezebel por informações adicionais


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

Quem sou eu